A maior coleção de violinos do mundo

A coleção fica em Taiwan

O Chimei Museum é um museu abrangente com grande coleção de arte ocidental, instrumentos musicais, armas e história natural.

A exposição de instrumentos tem por objetivo apresentar aos visitantes a história dos primeiros luthiers, suas obras e o processo de fabricação do arco e do violino. Entre os destaque podemos citar o violoncelo mais antigo do mundo (datado de 1566) do renomado luthier Andrea Amati.

Há também obras valiosas das famílias Stradivari e Guarneri, entre as mais consagradas do mundo, incluindo “Ole Bull” de Giuseppe Guarneri del Gesù – um dos violinos mais caros e mais conhecidos.

Números

Em 2015 o museu tinha 1.362 violinos em sua coleção e permitiu que mais de 3.000 violinistas pegassem emprestado cerca de 220 violinos (Alguém está precisando aí?). Dentre os empréstimos há músicos ilustres, como Yo-Yo Ma.

Graças à sua coleção, o museu tornou-se um popular ponto de encontro para conferências de violino, incluindo a American Federation of Violin and Bow Makers (AFVBM) e a International Association of Violin and Bow Makers (EILA).

Quanto Custa?

O museu cobra cerca de TWD200, algo como 25 reais para entrar. É, no entanto, gratuito para os residentes e estudantes de Tainan.

Da pra conhecer agora mesmo!

Graças ao Google Maps é possível fazer um tour pelo museu sem sair de casa. Confira abaixo:


Fonte: Chimei Museum

Israel Honorato Dutra

Oi! Me chamo Israel sou violinista, idealizador e "faz tudo" do Portal Violino Vermelho.

Deixe um comentário!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.