Lançamento do documentário Narrativas de uma Orquestra

Lançamento do documentário Narrativas de uma Orquestra

5 de outubro de 2013 Notas 0

Documentário registra as conquistas da Orquestra de Câmara Fundarte ao longo dos seus 17 anos de existência

Capa

Capa

Com realização da Associação Amigos da Fundarte e financiamento da Secretaria de Estado da Cultura (Pró-Cultura RS), o dia 10 de outubro vai marcar a apresentação do concerto de lançamento do documentário Narrativas de uma Orquestra, DVD que registra as conquistas da Orquestra de Câmara Fundarte ao longo dos seus 17 anos de existência.

 

O documentário

Narrativas de uma Orquestra foi  contemplado no Edital SEDAC nº2/2012. Apresentado no suporte DVD, são  1.000 cópias, com 25 minutos de duração,  que  serão distribuídos gratuitamente para músicos,  Escolas de Música e Instituições de Artes do Brasil.

Narrar experiências criativas e multiplicá-las é uma das metas centrais do projeto. Além do registro das atividades desenvolvidas pela Orquestra de Câmara Fundarte, depoimentos de importantes mestres da educação musical no Brasil integram o conteúdo do DVD.

Segundo a professora de música Júlia Hummes,  diretora executiva da Fundação Municipal de Artes de Montenegro-Fundarte, divulgar o documentário Narrativas  de uma Orquestra nas Escolas de Música e Instituições de Artes é uma forma de multiplicar os fazeres da orquestra mostrando um exemplo importante de persistência na construção dos saberes musicais, o que torna este projeto um ato criativo, inovador e multiplicador. “A Orquestra é um exemplo para muitos jovens que estão em formação musical. Através dos concertos realizados no Interior do RS, distante da região metropolitana, a Orquestra mostra que é possível ser músico profissional, além de mostrar um mercado de trabalho que não é conhecido por muitos” destaca a diretora.

 

O concerto de lançamento

Apresentado pela própria Orquestra de Câmara Fundarte, sob a regência do maestro Antônio Borges-Cunha,  o concerto de lançamento será realizado no Teatro Therezinha Petry Cardona da Fundarte,  tendo como solistas o pianista Rodrigo Fernandes, 12 anos, um dos vencedores do Concurso Jovens Solistas, interpretando o Concerto para Piano em Dó Maior (Joseph Haydn) e o acordeonista Daniel Castilhos, interpretando Fear, Buenos Aires Ora Zero, Violentango,Oblivion,   Adios Nonino   (Ástor Piazzolla-arranjos deVagner Cunha).

As composições Divertimento em Fá Maior (W. A. Mozart), Burrico de Pau (Carlos Gomes), Milonga para as Missões (Gilberto Monteiro-arranjos Vagner Cunha) e Merceditas (Ramon Sixto Rios-arranjos Vagner Cunha) completam o programa.

 

Programa


 

W. A. Mozart (1756 – 1787)

  • Divertimento em Fá Maior
  • Allegro – Andante – Presto

Joseph Haydn (1732 – 1809) | Solista: Rodrigo Fernandes

  • Concerto para Piano em Dó Maior
  • Allegro moderato – Andante – Allegro

 Carlos Gomes (1836 – 1896)                

  • Burrico de Pau

 Astor Piazzolla (1921 – 1992) | Daniel Castilhos, acordeon

  • Fear
  • Buenos Aires Ora Zero
  • Violentango
  • Oblivion
  • Adios Nonino                  

Gilberto Monteiro                           

  • Milonga para as Missões |  Arranjo: Vagner Cunha 

Ramon Sixto Rios

  • Merceditas | Arranjo: Vagner Cunha

Solistas: João Campos Neto e Bruno Esperon, violinos

Regente: Antônio Borges-Cunha

 


 

Orquestra de Câmara Fundarte

 

Agraciada com o Prêmio Líderes&Vencedores 2011-Expressão Cultural, iniciou suas atividades em março de 1996 como Orquestra SESI/Fundarte, a partir da parceria entre o Serviço Social da Indústria – SESI/RS e a Fundação Municipal de Artes de Montenegro – FUNDARTE, com os objetivos de contribuir para a educação e o crescimento cultural do Rio Grande do Sul, abrir mercado de trabalho para músicos jovens com capacitação profissional e levar a música orquestral para as populações da Capital e das cidades do interior do Estado, abrangendo todas as camadas sociais e faixas etárias. É formada por 15 músicos, tendo como regente titular o compositor e maestro Antônio Borges-Cunha e, como diretora executiva, a professora Therezinha Petry Cardona. Seleciona, anualmente, jovens de até 24 anos para serem solistas nos concertos agendados. Nesses 17 anos de atividades, realizou 603 concertos em 100 cidades do Estado, atingindo diretamente um público aproximado de 277 mil pessoas. Em 2013 tem agenda prevista de 58 concertos.

 

Antônio Borges-Cunha

É orientador do Programa de Pós-Graduação em Música da UFRGS, diretor artístico da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro e regente titular da Orquestra de Câmara Fundarte.  Borges-Cunha esteve na Alemanha, Estados Unidos, Canadá e Uruguai para apresentações de suas composições. Seu Concerto para Viola e Orquestra foi o objeto de pesquisa da Tese de Doutorado defendida por Ricardo Kubala na UNICAMP. Em 2010 recebeu o Prêmio Funarte de Composição com Maxakali, obra estreada pelo Orquestra Petrobras Sinfônica em 2011.

Como regente, Borges-Cunha tem contribuído para a atualização repertorio. Sua programação de concertos busca conciliar o repertório histórico com as múltiplas tendências da musica atual, incluindo encomendas e estreias de obras.  A superação das fronteiras entre a música de concerto e a música popular tem sido outra característica de sua atuação.

Antônio Borges-Cunha recebeu duas vezes o Prêmio Açorianos  de Música da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre.  Em 2010 foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, recebendo a Medalha do Mérito Farroupilha.

Em setembro de 2013 é o compositor homenageado pela Universidade Estadual de Minas Gerais na programação do VI Seminário de Música Brasileira com um concerto dedicado à suas composições.

 

Daniel Castilhos, acordeon

Natural da cidade de Porto Alegre-RS, estudou Acordeon com o professor Adriano Persch. Participou de Cursos de Extensão desenvolvidos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, como “Tamburilando” (arranjo na canção popular brasileira) ministrado por Felipe Azevedo e Introdução a Composição e Arranjo com Tasso Bangel.

Graduando em Música – Licenciatura – pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS). Foi professor de Acordeon no município de André da Rocha-RS nos anos de 2011 e 2012 e atualmente é professor na Casa da Música, em Porto Alegre-RS. Integrante do Quinteto Persch desde 2002, Quinteto de Acordeons de música instrumental de câmara, que realiza ativa produção de concertos e eventos por diversas cidades brasileiras. Grupo que tem dois CDs gravados em 13 anos de existência. Além de integrante do Quinteto Persch, dedica-se à formação de grupos de câmara, explorando arranjos e composições para formações instrumentais variadas.

Foi um dos selecionados do Concurso Jovens Solistas, realizado pela Orquestra de Câmara FUNDARTE, atuando  nas cidades de Cachoeira do Sul-RS e Montenegro-RS em 2009, dentro do projeto SESI Catedrais. Atuou, também, ao lado da Orquestra de Câmara da Ulbra, em Porto Alegre-RS em 2009 (Seleções do musical “Antônio Chimango”, de Arthur Barbosa com libreto adaptado de Alfeu Godinho).

 

Rodrigo Fernandes, piano

O jovem talento, Rodrigo Fernandes  nasceu em 27 de Setembro de 2000,  em Porto Alegre. Iniciou seus estudos em 2009, com os professores Luiz Felipe Kunz e Diego Shütz. Em 2012 foi aprovado no Curso de Extenção em Piano, na UFRGS, onde é aluno da Professora Dra. Catarina Leite Domenici. Rodrigo também integra o Coral Infanto-Juvenil, e a Oficina de Teoria e Percepção Musical  da UFRGS. Desde de suas primeiras apresentações públicas, em 2011, Rodrigo vem encantando plateias com sua musicalidade e talento. Em 2012 foi um dos vencedores da  10ª. edição do Concurso  Jovens Solistas da Orquestra de Câmara Fundarte. Em 2013, Rodrigo atuará como solista de concerto da Série Circuito Musical Comunitário da Orquestra de Câmara Fundarte e se apresentará na Série Despertando Talentos realizada pela Casa da Música em Porto Alegre.

 

Formação da Orquestra

Diretora executiva: Therezinha Petry Cardona

Regente titular: Antônio Borges-Cunha

Elenco de músicos

Violino I

João Campos Neto – spalla, Giovani dos Santos, Cristiano Pereira, Heine Wentz

Violino II

Vagner Cunha*(licenciado), Jeferson Colling, Ivan Andrade, Bruno Esperon

Viola

Martinêz Nunes*, Claudine Abreu (licenciada), Vinícius Diniz

Violoncelo

Fábio Chagas*, Douglas Araújo, Tiago Kreutzer

Contrabaixo

Luciano Dal Molin*

*Líder de naipe

 

Concerto de lançamento – Documentário Narrativas de uma Orquestra

Orquestra de Câmara Fundarte

Dia 10 de outubro de 2013 – 20h30min

Teatro Therezinha Petry Cardona – Fundarte

Rua Capitão Porfírio, 2141 – Centro – Montenegro

Entrada franca

Programa: Mozart, Haydn, Carlos Gomes, Astor Piazzolla, Gilberto Monteiro e Ramon Sixto Rios

Regente: Antônio Borges-Cunha

Solistas: Daniel Castilhos, acordeon e Rodrigo Fernandes, piano

Informações

Telefone: (51) 3632.1879 – site: WWW.fundarte.rs.gov.br

 


 

Assessoria de Imprensa

Dinorah Araújo

Jornalista – MTb 5704

Telefone: 51 9964.5492 e 3311.6677

E-mail: dinorah@cpovo.net

Skype: mdatuar

 

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.