Gaelynn Lea é uma violinista surpreendente

Gaelynn Lea, apesar de suas limitações físicas, consegue compor, tocar, cantar e vencer.

Com 32 anos Gaelynn Lea conseguiu chamar a atenção de todos após vencer um concurso de música organizado pela Rádio Pública Nacional dos Estados Unidos. .

Ela nasceu com uma doença chamada “ossos de vidro”, mas foi sua canção e não sua doença que chamaram a atenção. Foi quando se inscreveu no concurso que sua composição ganhou o mundo através das redes sociais. Mais de 6.000 artistas apresentaram seus vídeos nos quais eles apresentaram uma canção original.

Pelas imagens do YouTube podemos ver Gaelynn Lea demonstrando o seu estilo de tocar violino, mantendo-o paralelo ao seu corpo, de modo que ela consegue mover o arco e tocar cordas, algo semelhante ao violoncelo.

Sobre a doença

Osteogênese imperfeita (doença de Lobstein ou doença de Ekman-Lostein), também conhecida pelas expressões “ossos de vidro” ou “ossos de cristal”, é uma condição rara do tecido conjuntivo, de caráter genético e hereditário, que afeta aproximadamente uma em cada 20 mil pessoas. A principal característica é a fragilidade dos ossos que quebram com enorme facilidade. A osteogênese imperfeita (OI) pode ser congênita e afetar o feto que sofre fraturas ainda no útero materno e apresenta deformidades graves ao nascer. Ou, então, as fraturas patológicas e recorrentes, muitas vezes espontâneas, ocorrem depois do nascimento, o que é característico da osteogênese imperfeita tardia.

Israel Honorato Dutra

Oi! Me chamo Israel sou violinista, idealizador e "faz tudo" do Portal Violino Vermelho.

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.