Violino de 3,2 milhões roubado em lanchonete!

07/12/2010

Fonte: G1

Um violino avaliado em 1,2 milhões de libras (R$ 3,2 milhões) foi roubado em uma lanchonete de Londres, enquanto sua dona comprava um sanduíche na semana passada.

A violinista clássica Min-Jin Kym, de 32 anos, estava na loja Pret A Manger ao lado da estação de trem de Euston e quando voltou do caixa e se sentou para comer percebeu que seu Stradivarius de 1696 havia desaparecido, assim como seus dois arcos, um deles avaliado em 62 mil libras (R$ 163 mil) e outro em 5 mil libras (R$13 mil).

A polícia divulgou que o seguro da violinista está oferecendo uma recompensa de 15 mil libras (R$ 40 mil) para qualquer pessoa que tenha informações que levem ao instrumento.

“Esses itens têm enorme valor sentimental e profissional para a vítima, mas apesar de extremamente valiosos, seria muito difícil vendê-los já que são tão raros e únicos que seriam facilmente reconhecidos como propriedade roubada”, disse o detetive Andy Rose, da Polícia de Transporte Britânica.

O violino tem uma série de detalhes que o tornam único, como marcas de consertos e um descanso de queixo personalizado.

“É possível que o instrumento seja colocado à venda no mercado de antiguidades e música e pedimos a qualquer um que saiba da localização do violino que se apresente para que possamos devolvê-lo a seu verdadeiro dono.”

Min-Jin Kym nasceu na Coreia do Sul e foi criada na Grã-Bretanha. Ela fez sua estreia internacional aos 13 anos na Orquestra Filarmônica de Berlim e logo foi convidada a tocar na Espanha e na Coreia. Aos 16 anos, Min-Jin Kym se tornou a estudante mais jovem a receber uma bolsa de estudos no Royal College of Music.

 

Visite o Twitter da Min-Jin clicando AQUI

Israel Honorato Dutra

Oi! Me chamo Israel sou violinista, idealizador e "faz tudo" do Portal Violino Vermelho.

Um comentário em “Violino de 3,2 milhões roubado em lanchonete!

  • 29 de setembro de 2013 em 19:58
    Permalink

    Num dá para facilitar assim em Londres.
    Em outros países e mais para o interior ainda dá para ter essa tranquilidade.
    Londres tem gente de todo canto.
    Infelizmente patetou.

    Resposta

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: