Pesquisador cria violino comparado aos Stradivarius com fungos

Traduzido Por – Roberto G. S. Berlinck – Professor do Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP). Tenho particular interesse em química de produtos naturais, química orgânica, biodiversidade e conservação.

Pesquisador da Empa, Centro de pesquisas em ciência e tecnologia de materiais da Alemanha, Francis Schwarze, desenvolveu “tratamento” em madeira de violino com uma linhagem de fungo para melhorar a sonoridade do instrumento. Após o tratamento, o violino teve sua sonoridade comparada com um famoso violino do modelo Stradivarius datado de 1711, considerado um dos melhores violinos do mundo.

Durante o teste, o violinista inglês Matthew Trustler tocou 5 diferentes violinos atrás de uma cortina, para que “experts” não pudessem ver que instrumento tocava. Um dos instrumentos tocados foi seu próprio Stradivarius, cotado em US$ 2 milhões. Os outros quatro eram instrumentos feitos pelo luthier Rhonheimer, dois dos quais tiveram sua madeira tratada com fungos. Um dos violinos tratados foi avaliado por 90 de 180 pessoas como tendo apresentado a melhor sonoridade dos cinco instrumentos avaliados.

O teste é extremamente subjetivo, e muito difícil de ser medido. Todavia, os instrumentos criados por Antonio Giacomo Stradivarius são até hoje considerados os melhores já feitos. Isso porque a Europa passou por anos de invernos extremamente rigorosos entre 1645 e 1715, quando as árvores se desenvolveram muito mais lentamente e produziram madeira de excelente sonoridade. A utilização desta madeira na fabricação de violinos permitiu Stradivarius construir instrumentos de sonoridade incomparável.

O violino fungado desenvolvido por Francis Schwarze é considerado um produto que deverá causar uma revolução na concepção destes instrumentos, pois será possível se fabricar violinos muito melhores e ao mesmo tempo muito mais baratos. O tratamento fúngico modifica a estrutura das células da madeira, reduzindo sua densidade e aumentando sua homogeneidade, o que faz o som do violino se tornar mais “quente” e “redondo”.

Fungos são verdadeiras maravilhas da natureza, e também algumas das maiores desgraças. Dentre os fungos destacam-se os cogumelos, dos quais muitos são comestíveis, como o cogumelo de Paris, a trombeta da morte (apesar do nome), a pleurote, dentre outros. Mas muitos são extremamente venenosos, como Amanita muscaria. Outros são halucinogênicos, como Psilocybe mexicana (fonte de psilocibina) e Claviceps purpurea, fonte de ácido lissérgico. Alguns fungos filamentosos são extremamente patogênicos e difíceis de tratar, como Candida albicans. Outros são verdadeiras delícias, como as trufas. I fungi virtuosi. (fonte da notícia: ScienceDaily).

Link do post original

 

Israel Honorato Dutra

Oi! Me chamo Israel sou violinista, idealizador e "faz tudo" do Portal Violino Vermelho.

Deixe um comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.