Live Mantovani Encorda

Hoje às 20:30 eu vou entrevistar Luiz Mantovani

Vamos falar sobre a descoberta da Sonata em Mi Maior No.2 de Ferdinand Rebay e a gravação que Mantovani fará da peça na Abadia de Heiligenkreuz com o patrocínio da Fundação Hermann Hauser de Munique.

A live será transmitida pelo Instagram da Encorda: https://www.instagram.com/encorda_acessorios_musicais/

Luiz Mantovani

Professor da Udesc desde 2003, Luiz Mantovani está desenvolvendo pesquisa de doutorado no Royal College of Music em Londres desde 2015, com bolsa de estudos da Capes. Sua pesquisa abarca as sonatas camerísticas para violão e instrumentos de sopro do compositor austríaco Ferdinand Rebay (1880-1953), que estão sendo investigadas sob um viés contextual e prático.

Em 2011, Mantovani foi premiado com um Grammy Latino junto com seu grupo, o Brazilian Guitar Quartet, na categoria Melhor Álbum de Música Clássica pelo álbum Brazilian Guitar Quartet plays Villa-Lobos.

Ferdinand Rebay (1880–1953)

Nascido em 1880 em Viena estudou violino e piano desde cedo. Sua mãe havia estudado piano com Anton Bruckner, e seu pai era co-proprietário de uma editora Rebay & Robitschek. Com apenas dez anos, foi para a Abadia de Stift Heiligenkreuz como corista e, durante os cinco anos seguintes, recebeu uma sólida educação musical. Em 1904, aos 24 anos, ele completou seus estudos no Konservatorium der Gesellschaft der Musikfreunde em Viena com bravura ao compor a obra ‘Erlkönig’, que seu lendário professor Robert Fuchs declarou ter sido a melhor obra apresentada no conservatório em seus três anos décadas ensinando lá. A Bergmann Edition abriga o Ferdinand Rebay Project, publicando cerca de 300 composições (todas com uma parte de violão) do compositor. Sua fascinante produção melódica abrange o final do período romântico e a primeira metade do século XX.

Ouça:

Serviço:

Em breve mais novidades!

Vagas

[jobs]

Assine nossa Newsletter

Abrir Whatsapp
Precisa de ajuda?
Oi! Como posso ajudar?